Sindicatos e servidores municipais de Icó deflagram greve geral nesta segunda [14]

A Sede do  Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Icó [SINDSEPMI], na Rua Francisco Maciel, no Centro de Icó, será o ponto de início da Greve Geral marcada para começar nesta segunda-feira [14] dos servidores públicos municipais de Icó.

Aprovada em assembleia conjunta do Sindsepmi e Sindicato dos Professores da Rede de Ensino Público Municipal de Icó [Sindpremi] no dia 07 de agosto último, as categorias comunicaram que  irão cruzar os braços à Prefeitura Municipal de Icó [PMI].

Dentre os fatores motivadores da greve geral, está o Decreto nº 069/2017 da PMI de 31 de julho de 2017, que revoga o Adicional por Tempo de Serviço [ATS] concedido até o ano de 2001 e suspender por 180 dias o ATS concedido depois do ano de 2001. O ATS é mais conhecido por quinquênio e beneficia o servidor público municipal a cada cinco anos em efetivo exercício com um acréscimo calculado sobre o valor dos vencimentos.

Outro fator gerador, conforme apontam os sindicatos, diz respeito ao não cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta [TAC], celebrado entre a PMI e o Ministério Público do Ceará [MPCE], que deveria ter depositado no último dia 10 a primeira parcela de oito referentes ao pagamento do mês de dezembro de 2016.

Além disso, outro fator contestado diz respeito ao Projeto de Lei Municipal 022/2017 que tramita na Câmara Municipal e altera o Plano e Cargo, Carreira e Remuneração do Magistério Lei nº 685/2008, que retiraria os valores aos professores com graduação e pós-graduação.

A Prefeitura Municipal de Icó não se pronunciou de forma oficial, até a presente data, sobre a greve geral.
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :