17ª Coordenadoria Regional de Saúde de Icó realiza oficina do QualificaAPSUS dias 29 e 30

 17ª Coordenadoria Regional de Saúde [CRES] de Icó realiza, na próxima terça-feira [29] e quarta-feira [30], a primeira oficina do Projeto de Qualificação da Atenção Primária à Saúde no Ceará [QualificaAPSUS Ceará]. 

De acordo com o cronograma de capacitação dos profissionais da Atenção Primária e do plano de reorganização da Rede de Saúde do Estado, a Oficina abordará o tema “Atenção Primária à Saúde: Fundamentos, Gestão e Avaliação da Qualidade”.  

Além de Icó, a oficina da Região de Saúde de Icó será realizado em Várzea Alegre, que também integra a CRES 17, na segunda-feira [28]. 

PROGRAMAÇÃO ICÓ - No Icó, o evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal do Icó e da Secretaria Municipal da Saúde, e realizará a solenidade de assinatura dos Termos de Cooperação do Projeto Qualifica APSUS na terça-feira [29], às 8h, no Teatro da Ribeira dos Icós.

Haverá a Primeira Oficina do  Qualifica APSUS Ceará Pólo II, que inclui os  municípios de Baixio; Ipaumirim; Orós, Umari,  Lavras da Mangabeira, Cedro e Icó, com a participação do Governo do Estado,  através da Secretaria Estadual da Saúde [Sesa] e a CRES 17.

QUALIFICA APSUS - O Projeto QualificaAPSUS foi lançado pela Secretaria da Saúde do Ceará em 2016 como uma estratégia de reorganização do Modelo de Atenção, a partir da reestruturação da Atenção Primária nos municípios e, consequentemente, implantação e implementação das Redes de Atenção. 

Tem como objetivo apoiar os municípios no fortalecimento da Atenção Primária à Saúde. No ano passado o projeto teve a adesão de 90 municípios, distribuídos em 12 regiões de saúde do Estado, contando com a participação de 3.318 trabalhadores da Atenção Primária nas oficinas regionais, totalizando mais de 6 mil trabalhadores com a realização das oficinas municipais.

Um das estratégias do Projeto QualificaAPSUS Ceará é o estabelecimento de padrões de qualidade comuns para a Atenção Primária por meio da certificação das equipes com selos de qualidade. 

Na primeira etapa, será atribuído o Selo Bronze, que tem como foco a garantia da segurança do usuário e da equipe. Nas etapas subsequentes, serão atribuídos os Selos Prata e Ouro, relacionados ao gerenciamento dos processos e os resultados para a comunidade. 

O instrumento de avaliação vai possibilitar a verificação do estágio de desenvolvimento alcançado pelas unidades de saúde, identificar e corrigir as não conformidades, bem como desenvolver planos para melhoria contínua. Serão definidas unidades laboratórios em que serão implantadas as mudanças estruturais e processuais com a participação de tutores.


* Com informações da Assessoria de Comunicação da Sesa e Ascom da Prefeitura Municipal de Icó
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :