Caminhada pelas principais ruas pede paz em Icó

Centenas de pessoas vestidas de branco são esperadas, na manhã desta sexta-feira, 10, para participarem da caminhada “Icó Pede Paz”, que acontece nas principais ruas e avenidas da cidade de Icó.

A manifestação é realizada por entidades da sociedade civil icoense, que se reúnem há alguns meses para debater medidas que visem diminuir a sensação de insegurança que atualmente sente a comunidade local. A idealização do movimento é da Patoral da Juventude do Meio Popular [PJMP].

Integram as instituições as igrejas Católica e Evangélica, Câmara de Dirigentes Lojistas [CDL], Sindicatos, Escolas, Maçonaria, Associações e Movimentos, entre outros, que propõem o cumprimento de 12 medidas para a retomada da sensação de segurança.

Entre as propostas, debatidas juntamente com autoridades dos poderes Legislativo, Judiciário e Executivo e Polícias Civil e Militar, estão a da implantação de um sistema de monitoramento de segurança, funcionamento da Guarda Civil local e a realização de abordagens constantes pela Polícia Militar.

Durante o ato, será realizado um abaixo assinado coletivo para a efetivação destes pedidos. Após a coleta das assinaturas, será entregue um documento com as propostas para as autoridades locais e estaduais, para que sejam tomadas medidas que visem restabelecer a tranquilidade da população.

A caminhada terá início em uma praça localizada no bairro BNH, nas proximidades de uma região com altos índices de violência, e seguirá até a Coluna da Hora, no Centro Comercial de Icó, onde serão realizadas paradas e terão falas de autoridades da área de segurança e de entidades do município.

De acordo com a organização do evento, um dos fatos alarmantes da insegurança no município de Icó diz respeito aos homicídios, contabilizados cerca de 30 em 2013 e que passou de 20 ocorrências em 2014, conforme dados obtidos pelos organizadores do evento junto aos órgãos de Segurança Pública.

Recentemente, tiros em via pública, balas perdidas e o tráfico de drogas têm tirado o sossego da população de Icó, que repetidamente vê esses casos e hoje tem diminuído o antigo hábito de ficar na calçada durante a noite.

A mobilização das entidades de Icó irá continuar após a caminhada, a partir do Fórum Permanente de Segurança, proposto pelo juiz e promotor da Comarca de Icó, com vistas a promoção de ações integradas entre poderes e sociedade em prol da segurança da comunidade local.

* Com informações da Ascom da "Caminhada Icó Pede Paz"
Publique no Google Plus

Publicado por IN

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :