Vice-diretor do Instituto de Estudos do Semiárido UFCA em Icó participa da recepção de novos estudantes em Juazeiro do Norte

O  vice-diretor do Instituto de Estudos do Semiárido, em Icó, professor Ives Romero Tavares do Nascimento, esteve presente na manhã da última segunda-feira [28] recepção dos novos alunos dos cursos de Agronomia, Engenharia Civil e Materiais da Universidade Federal do Cariri [UFCA], em Juazeiro do Norte, e utilizou da palavra.

A solenidade foi aberta pelo vice-reitor da UFCA, Ricardo Luiz Lange Ness. No período da noite, foram recebidos os alunos de administração pública.

O vice-reitor deu as boas-vindas aos estudantes, afirmando que eles farão parte da história da construção de uma nova universidade, fez uma explanação sobre os cursos já existentes e projeções para o futuro. Segundo Ness, a meta até 2017 é a criação de mais 20 novos cursos com o acréscimo de sete mil alunos nos cinco campi: Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Icó e Brejo Santo.

A UFCA também está ampliando a oferta de cursos de pós-graduação, assinalou Ricardo Ness. Além do Mestrado em Desenvolvimento Regional Sustentável e do Mestrado Profissional em Matemática, vão ser criados dois novos mestrados: em Ciências Médicas e em Ciências Agrárias e Biodiversidade.

Afirmou ainda que os alunos ingressam num novo ciclo de suas vidas com liberdade e responsabilidade, participando do rico leque de opções oferecidas pela universidade nas áreas da Pesquisa, Extensão, Cultura e Ensino.

A pró-reitora de Ensino, Ana Candida de Almeida Prado, disse que são muitas as atividades que os novos estudantes terão daqui por diante, no campus da Universidade, atividades que não se resumem apenas à sala de aula, mas também a outras ações, como, por exemplo, as escolhas entre disciplinas obrigatórias, livres e optativas. Solicitou atenção particular dos novatos com relação a datas de matrículas e explicou ainda sobre o sistema de bolsas da UFCA. “São diversas oportunidades que a universidade oferece, mas que vocês terão cinco anos para se adaptar”, disse.

 O pró-reitor de Extensão, Eduardo Vivian da Cunha, saudou também os novos estudantes da UFCA, brincou e fez referência à chuva que caía numa época do ano de estiagem – “um dia bonito pra chover” , como se diz no Nordeste. Reforçou também a Extensão, a Pesquisa e a Cultura, áreas em que os estudantes podem desenvolver diversas atividades, tomando contato com mundos diferentes. “O leque de conhecimento de vocês certamente se ampliará”, disse. Falou também do sistema de bolsas da UFCA, que tem crescido ano a ano.

A diretora de Assistência Estudantil, Cláudia de Araújo Marco, esclareceu as políticas de assistência estudantil da UFCA. “Estamos aqui – disse – para garantir a permanência de vocês na universidade através de vários projetos”. Citou as bolsas de auxílio-moradia, auxílio-alimentação e auxílio-transpote. Disse que a demanda ainda é alta – principalmente de alunos em situação de vulnerabilidade econômica -, mas que a universidade vem também aumentando seu orçamento para ajudar os estudantes.

Falaram ainda os professores Márcio Mattos, diretor do Instituto Interdisciplinar de Sociedade, Cultura e Arte; Edilza Maria Felipe Vásquez, diretora do Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade; o professor Marcelo Oliveira Santiago, diretor do Instituto de Formação de Educadores, em Brejo Santo; e a professora Liana de Andrade Esmeraldo Pereira, vice-diretora de Assistência Estudantil.


* Com informações da UFCA Notícias
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :