Maio chega e Icó terá mês com literatura, teatro, rock e forró

O quinto mês do ano tem início nesta quinta-feira [1º] com o feriado nacional do Dia do Trabalho e para o Icó será um mês de variedade na área cultural.

Quatro grandes eventos movimentarão a área cultural ao longo de maio e dois acontecerão neste final de semana: a literatura na I Poesia da Madrugada [Párea] e o forró de Iohannes. Ambos  acontecem neste sábado [3].

Os outros eventos futuros serão a peça "Árvores dos Mamulengos", nos dias 9 e 10 de maio, e "Viva ao rock nacional", com a apresentação da banda Epiceno, no próximo dia 17. Veja detalhes de cada evento abaixo.

I PÁRIA - Na calçada do Teatro municipal da Ribeira dos Icós, será realizada a I Poesia da Madrugada, a partir das 23h do sábado [3].

O sarau poético é uma realização do Coletivo Chá das Cinco, de Icó, e contará com a participação dos integrantes do grupo.

O evento terá "música ao vivo, performances, leitura de poesias, um bom vinho e muita inspiração",, diz o convite do coletivo, que solicita que os participantes levem seus textos para apresentação no no sarau. No local também serão vendidas as camisetas em tie dye produzidas pelo coletivo, a partir de R$ 20,00.




IOHANNES NA AABB - O Icó será uma das primeiras apresentações-solo do cantor Iohannes, que recentemente deixou a banda Forró da Curtição e iniciou um novo projeto musical.

O forró estará presente em suas canções a partir da 22h do próximo sábado [3] na AABB de Icó. Antes, haverá a participação de Dimas Rodrigues e Som Bakana.

Os ingressos podem ser adquiridos no supermercado Super Queiroz e Lizandra Cabeleireira. A festa é realizada por Paulinho da Visual [PV] e Rádio Icó Centro.

ÁRVORE DOS MAMULENGOS - O Teatro municipal da Ribeira dos Icós recebe, nos dias 9 e 10 de maio, a peça teatral "Árvore dos Mamulengos".

Encenada pela Companhia WSA do Teatro, de Icó, o espetáculo foi apresentado recentemente na IV Mostra Dragão do Mar de Arte e Cultura de Canoa Quebrada, no dia 13 de abril.

A encenação trata de um romance nordestino de gênero cômico. Contém nove personagens, dentre eles a Maquesinha, filha do Policarpo, prometida em casamento ao Cabo Fincão autoridade máxima do lugar e tem um relacionamento amoroso secreto com o João Redondo. Em seguida vem a Rosita esposa do Porrote, homem ciumento, e que vive desconfiando de sua esposa. Ambos se envolvem em uma cômica e animada confusão.

O espetáculo é apresentado pelo elenco icoense Wellington Silva, Whindston Silva, Rafael Diego, Francileide Silva, Williane Silva e Davina Fernandes. 

Anteriormente, no dia 22 de outubro de 2013, a peça foi encenada pelo Grupo de Theatro Arte da Ribeira [GTAR], também de Icó, que apresentou-a no IX Festival Latino-Americado de Teatro de Rua do Movimento de Agitação e Resistência da Cultura Popular [Festmar], em Aracati.

ROCK COM EPICENO - Após o repercutido "Tributo a Legião Urbana" no dia 16 de novembro de 2013 e apresentação no III Festival da Culura Icoense [Icozeiro], a banda Epiceno volta a subir no palco do Teatro da Ribeira dos Icós.

O rock nacional será reverenciado em um show especial, marcado para o dia 17 de maio, a partir das 20h, e terá cunho social, com a entrada de 1kg de alimento não perecível, que será destinado a uma instituição de caridade icoense.
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :