Sindicalistas perseguidos pela ditadura são ouvidos pelo Projeto Memória Oral

Durante o quarto encontro realizado no último dia 10, no Auditório Murilo Aguiar, pelo projeto “Memória Oral por Verdade e Justiça”, foi abordado o tema: 

A resistência dos trabalhadores, na ditadura militar, que durou de 1964 a 1985. Na ocasião, foram ouvidos relatos de trabalhadores e sindicalistas perseguidos no período.

O debate foi aberto pelo conselheiro da Comissão Federal de Anistia do Ministério da Justiça, Mário Albuquerque, e mediado pelo jornalista Paulo Verlaine, presidente em exercício da Associação Anistia 64/68.

O primeiro a dar o testemunho foi Benedito Bizerril, representante do sindicalismo bancário em 1968. Ele discorreu sobre as intervenções no Sindicato dos Bancários do Ceará durante a ditadura, que impôs severas restrições à organização dos trabalhadores liderada pelos bancários. “Foi um cerceamento à liberdade muito grande”. Segundo ele, em 1964, houve a destituição da diretoria e a ocupação do Sindicato, cujo presidente, José de Moura Beleza, era, na época, um grande lutador da classe trabalhadora e chegou a ser candidato a prefeito de Fortaleza.

Bizerril lembrou que a campanha salarial desencadeou uma greve em 1968, período mais crítico da ditadura, por causa da política de arrocho salarial. “Foi uma greve que paralisou a maioria dos bancos”, disse. Em novas eleições, ganhou a chapa de oposição à ditadura, havendo, logo após a posse, nova intervenção, informou.

Durante a manhã de hoje, serão ouvidos ainda os relatos dos representantes do sindicalismo ferroviário, José Elias Gonzada; do sindicalismo bancário, Rubens Coelho, e do sindicato dos sapateiros, José Maria Tabosa e Raimundo Guerreiro, também com atuação no movimento sindical nas décadas de 1970 e 80.

O projeto “Memória Oral por Verdade e Justiça” é uma iniciativa da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Ceará [Inesp], em parceria com a Associação Anistia 64/68, e marca os 50 anos do Golpe Militar no País. O objetivo é coletar depoimentos de ex-presos políticos e parlamentares cassados, tendo como resultado final a produção de um documentário.


* Com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :