MPCE recomenda anulação do resultado de concurso público em Ipaumirim

O Ministério Público do Ceará [MPCE] recomendou, na última sexta-feira [28] à Prefeitura Municipal de Ipaumirim e à empresa Consultoria Público-Privada [Consulpam] a anulação do resultado de concurso público em Ipaumirim. 

A iniciativa foi do promotor de Justiça Leonardo Marinho de Carvalho Chaves, haja vista violação ao edital do concurso, além de apuração de irregularidades no certame. 

Segundo ele, vários candidatos obtiveram revisão de notas na fase do recurso do resultado, com identificação nominal de recursos. A ação viola o edital do concurso público, que prevê a preclusão de recursos manejados fora do prazo, bem como a isonomia que deve existir entre todos os candidatos.

O Ministério Público passou a investigar as notícias de irregularidades trazidas por candidatos que relatavam que vários outros concorrentes teriam tido revisão de notas na fase do recurso do resultado, obtendo notas acima da média, sem a devida transparência por parte da Consulpam. 

A prefeitura de Ipaumirim terá o prazo de 48 horas para acatar a recomendação ministerial, sob pena de adoção de outras providências pelo Ministério Público. 

 
* Com informações da Ascom do MPCE
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :