Lula Morais relembra luta popular contra ditadura militar no Brasil

No primeiro expediente da sessão plenária desta terça-feira [1°], o deputado Lula Morais [PCdoB] relembrou a luta popular contra a ditadura instalada no Brasil, em alusão aos 50 anos do golpe militar.

Para Lula, o povo brasileiro nunca se conformou com a ditadura que foi implantada no País, classificada por ele como uma afronta à democracia, aos trabalhadores e ao Brasil.

“O povo nunca se conformou com a ditadura implantada naquele dia. Tivemos resistência desde o primeiro momento. Presenciamos o surgimento das denúncias, músicas de protesto, cultos, manifestações, atividades clandestinas, assembleias de estudantes e guerras armadas”, exemplificou o parlamentar.

O deputado destacou a repressão que estes movimentos enfrentaram durante os 20 anos em que o País esteve sob o comando de militares. “Muitas pessoas lutaram pela democracia. Resistência armada no Araguaia, passeata dos 100 mil, greve dos trabalhadores em Osasco e União Nacional dos Estudantes, atuando na clandestinidade. Todos esses movimentos marcaram a resistência no período”, ressaltou.

De acordo com o comunista, tentativas de golpes contra a democracia acontecem há muitos anos no Brasil. “Em 2005 tentaram destituir o presidente Lula, da mesma forma que fizeram com João Goulart, com mentiras e ataques. Essas mesmas pessoas atacaram aqueles que lutam pela democracia. Atacaram a nós comunistas, com atos de tortura e assassinato”, afirmou.


* Com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :