Lula Morais critica STF no julgamento de ex-deputado tucano

Na ordem do dia da sessão plenária da última sexta-feira [28], o deputado Lula Morais [PCdoB] criticou o Supremo Tribunal Federal por se abster de julgar o ex-deputado Eduardo Azeredo [PSDB-MG], de suposto caixa dois durante campanha.

“O político chileno Salvador Allende afirmou que não bastava que todos fossem iguais perante a lei, era preciso que a lei fosse igual para todos e, o Supremo Tribunal Federal quebrou essa ordem, ao mandar Eduardo Azeredo para a primeira instância”, disse.

O parlamentar classificou o caso de “insegurança jurídica”. Lembrou que durante o julgamento da Ação Penal 470, o chamado mensalão petista, foi questionado se o STF desmembraria o processo e julgaria os réus separadamente, mas o Supremo não desmembrou o caso.

Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :