Governador Cid Gomes lança o programa "Defesa da Vida"

O Governador Cid Gomes lançou no último dia 10 o Programa em Defesa da Vida, ação que vai reforçar a segurança pública no Ceará. 

O Programa divide o território do Ceará em 18 Áreas Integradas de Segurança [AIS], onde todas as forças que compõem a segurança atuarão na redução dos crimes de homicídio e assalto, por meio do cumprimento de metas. 

Só esse ano devem ser destinados através do Programa R$ 120 milhões exclusivamente para o pagamento da remuneração extra dos policiais. "Se fala em segurança como um sistema bem distribuído, entre investimentos em equipamentos, salarial e aumento do efetivo, e durante esses quase oito anos procuramos fazer além disso. Agora resolvemos introduzir essa política como um estímulo aos profissionais da polícia que atuam nas ruas. É uma nova metodologia com metas a serem cumpridas e que serão recompensadas por essas metas alcançadas", destacou o governador Cid Gomes.

O Programa em Defesa da Vida funciona, em caráter experimental, desde janeiro deste ano, com cada área de segurança, sendo seis em Fortaleza, três na Região Metropolitana e nove no Interior, com um comando compartilhado por um oficial da Polícia Militar, um delegado da Polícia Civil e um oficial do Corpo de Bombeiros, que trabalham de forma integrada no combate à criminalidade. Todas as áreas possuem metas de redução de crimes, aferidas diariamente. 

Os policiais das áreas que atingirem as metas e produzirem resultados, reduzindo os crimes de homicídio e assalto, terão direito a uma compensação financeira especial que será depositada em sua conta a cada 90 dias. O objetivo é que a redução da criminalidade não seja só em Fortaleza, mas em todo o Ceará. É também um programa que vai trabalhar com a prevenção do crime, ressaltou o delegado Romério Almeida, que coordena a Área Integrada de Segurança.

Mesmo nesse primeiro trimestre funcionando experimentalmente os resultados já são visíveis. Nesse período 16 áreas já alcançaram a metas na redução de homicídios e roubos. "Esse lançamento não é só na teoria. O Programa em Defesa da Vida já é lançado na prática. Caso o montante não seja investido ele não volta aos cofres do Estado, permanece no Programa porque o que queremos de fato é que as metas sejam atingidas", ressaltou Cid Gomes.

Das 16 áreas, cinco conseguiram reduzir o número de homicídios em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. E 16 conseguiram diminuir os crimes de roubo. "Mesmo funcionando em caráter experimental, muitas tarefas foram realizadas nesse curto espaço de tempo. E não podemos perder de vista o objetivo de levar mais tranquilidade à sociedade cearense", estimulou o secretário da Segurança Pública, Servilho Paiva.

Na ocasião, Cid Gomes explanou os investimentos que o Governo vem fazendo na área da segurança pública com o objetivo de dotar o Ceará de um eficiente e profissionalizado sistema policial. Segundo ele nesses últimos sete anos, o investimento do Estado na Segurança mais que dobrou, pulando de R$ 696,9 milhões, em 2006, para mais de R$ 1,47 bilhão em 2013. ?Até o último dia do meu mandato em vou trabalhar, vou lutar e quero sensibilizar a população para uma cultura de paz no Ceará?, reforçou Cid Gomes.


* Com informações da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado e da Casa Civil 
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :