Fortaleza sediará o 11º Congresso Internacional da Rede Unida

“Girar vida, políticas e existências: a delicadeza da educação e do trabalho no cotidiano do SUS”.

Com este tema central, a Associação Brasileira Rede Unida, que completa 30 anos de existência em 2014, levará as discussões e debates do 11° Congresso Internacional que acontece entre os dias 10 e 13 de abril na cidade de Fortaleza. 

O evento deve reunir aproximadamente 10 mil pessoas de todo o Brasil, entre eles 60 nomes internacionais de peso como Rifat Atun, Henrique Botelho e André Biscaia.

O evento visa contribuir propositivamente com os processos de mudança na formação e desenvolvimento de profissionais da área da saúde, bem como na transformação do modelo de atenção à saúde e na busca da consolidação do Sistema Único de Saúde [SUS] nos seus princípios e diretrizes. 

Com entendimento do momento peculiar em que vive o SUS e da ofensiva do mercado privado na busca pela “mercantilização da saúde”, o Congresso da Rede Unida propõe o debate de ideias e o lançamento de propostas, para que não corramos o risco de perder conquistas sociais e universais, fruto das lutas democráticas e populares.

Neste contexto, torna-se fundamental que os gestores, os profissionais, os estudantes, os movimentos sociais e populares possam intensificar o diálogo para reafirmar a defesa da saúde como direito universal de cidadania e da democracia como princípio de uma sociedade justa e solidária. Dessa forma, a Rede Unida considera fundamental promover debates sobre a gestão pública, a gestão do trabalho e a gestão municipal em diálogo com os processos de formação e as relações entre os atores do processo.

A rede de encontros é o conceito central desta edição do Congresso. Busca-se criar um espaço oportuno para trocar experiências, operar iniciativas de educação permanente e avaliar a implementação de políticas. O Congresso pretende operar como uma mandala, com a movimentação do quadrilátero trabalho/gestão/educação/participação, como aponta a política de educação na saúde do SUS.

Os congressos da Rede Unida são conhecidos por agregar um conjunto diversificado de atores, reunindo docentes e estudantes das profissões da saúde e relacionadas, trabalhadores dos serviços de saúde, residentes e representantes de organizações comunitárias, controle social e movimentos sociais para o debate em torno da saúde, da educação, da gestão e do trabalho em saúde, da participação cidadã, na perspectiva do fortalecimento do SUS.

A Comissão Organizadora do Congresso, constituída por representantes da Rede Unida, da Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará, da Secretaria Estadual de Saúde do Ceará, do Conselho Estadual de Saúde do Ceará, do Fórum de Residências Multiprofissionais em Saúde do Ceará, do Ministério da Saúde, Organização Pan-americana da Saúde [Opas], da UFRGS e das diversas Universidades e Instituições de Ensino, dos movimentos sociais, entre outros participantes individuais e coletivos, está empenhada em produzir na Cidade de Fortaleza, com participação de todo o Brasil, um espaço que reflita sobre a saúde que estamos construindo em nossos cotidianos.


* Com informações da Aprece
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :