"É O Bicho": Marconiza Brasil destaca grupo de defesa dos animais em Icó e que "a hora é agora"

Em entrevista exclusiva ao Icó é Notícia, nessa quarta-feira [16], a integrante do grupo "É O Bicho", Marconiza Brasil, falou sobre o trabalho realizado em defesa dos animais de Icó.

"Este projeto é voltado, no momento, para animais abandonados e doentes, principalmente cachorro e gato. Sei que existe cavalo, burro, uma quantidade infinita de animais que precisam da nossa ajuda, porém, no momento, a gente está focado mais para o cachorro e para o gato", pontuou.

O coletivo visa defender e proteger os animais abandonados e doentes, foi oficializado em reunião realizada no último domingo [13] e conta com a participação de Tairine Ferreira de Sousa, Alinne Rabelo, Marisa Lima, Moema Viana, Sophia Cidrão e Cicero Castro, Vania Torres, Socorrinha Alencar Martins e Socorrinha Cunha.

"Nós, a equipe 'É O Bicho', eu quero deixar bem claro que não sou só eu, tem uma equipe na minha retaguarda, porque se não fosse essa equipe eu não faria nada sozinha, uma andorinha só  não faz verão. Existe uma equipe maravilhosa que faz até muito mais do que eu, nós tentamos unir forçar e agora vamos fazer acontecer", destacou ela.

A comerciante ressaltou que o problema de animais abandonados e doentes é, principalmente um caso de saúde pública. "De antemão, é um problema de saúde pública e alguns da sociedade não enxergam esses animais no meio da rua, alguns doentes. E também tem o Poder Público, que por lei é responsável por esses animais, mas até o momento não tem feito a sua parte", disse.

O próximo passo da equipe "É O Bicho" é uma reunião agendada com o secretário de Saúde de Icó, Dr. Luis Carlos Schwinder, marcada para o próximo dia 23 de abril, às 15h, na Secretaria Municipal de Saúde de Icó. Na pauta da reunião, está, em especial, a instalação de um abrigo adequado que possa acolher a demanda de cachorros e gatos de rua, com acompanhamento de um veterinário.

"Vamos dia 23 a uma reunião marcada com o secretário de Saúde, vamos levar para ele a nossa proposta, e o principal seria um abrigo, no momento, para colocar esses animais doentes e abandonados e que esse local seja adequado, que tenha um acompanhamento, que a gente possa cuidar desses animais com a ajuda do Município, principalmente uma ajuda de recursos, como ração, medicação, porque boa vontade, coragem, garra nós temos muito. O que não temos é condições financeiras de tratar de todos os animais que a gente tem vontade", detalhou.

Ao lembrar que a situação é urgente, Marconiza Brasil disse que "a hora é agora. Nós não temos mais tempo de esperar. Ou se faz alguma coisa agora ou os nossos animais vão continuar sendo um problema de saúde pública".

MAPEAMENTO DOS ANIMAIS ABANDONADOS - Para verificar a atual situação dos cachorros e gatos abandonados na cidade de Icó, o grupo "É O Bicho" fez um mapeamento dos lugares com maior quantidade de animais.

"Aqui no Icó nós já fizemos um mapeamento de onde tem o maior índice de animais. Em frente ao Fórum, onde existe aqueles trailers que vendem comida. Dali seria até o estacionamento da FVS [Faculdade Vale do Salgado], também tem muitos animais abandonados ali. Também temos no Largo do Théberge, a famosa Praça do Forricó, tem uma aglomeração muito grande de animais".

Outros pontos de maior movimentação de cães e gatos soltos nas ruas, de acordo com a ativista, "temos ali próximo ao matadouro, e as pessoas tem essa cultura no Icó de pegar os filhotes, a maioria fêmea, e deixar pelo matadouro. E também temos no lixão, tem uma quantidade imensa de animais abandonados. No BNH, próximo a um bar conhecido, com vários bichos abandonados. Se você for ver, a maioria das ruas, na Francisco Maciel, que é pleno Comércio", concluindo que "vamos unir forças. Agora é a hora de fazermos alguma coisa pelos nossos animais".
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :