Chuvas das últimas 24 horas fazem a Barragem do Batalhão sangrar

As chuvas que caíram nos últimos dias em Crateús, no Sertão cearense, estão sendo motivo de comemoração. 

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia [Funceme], choveu no mês de março cerca de 314mm em Crateús, 56% a mais do que a média histórica, que é de 200mm.

Com as chuvas fortes o resultado não podia ser diferente. A Barragem do Batalhão e o açude Carnaúbal, reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos [Cogerh] no município, apresentaram aumento nos seus volumes. 

A Barragem do Batalhão, que no início do ano apresentava o volume de 800 mil metros cúbicos, hoje está com 1.543.157 metros cúbicos e já ultrapassou a sua cota de sangria, registrando o segundo caso de sangria em 2014. O primeiro açude a sangrar em 2014 foi o açude Tijuquinha, reservatório da Bacia Hidrográfica Metropolitana que tem capacidade de armazenar 970 mil metros cúbicos.

Já o açude Carnaubal, que nessa terça-feira [1º] apresentava o volume de 1.420.000 metros cúbicos, saltou para 1.462.831, apresentando um ganho de 12cm na sua cota. Com as recargas apresentadas nos últimos dias, o sistema hídrico do município de Crateús, formado pelos açudes Carnaubal, Realejo e Barragem do Batalhão, garantirá segurança hídrica para a população crateuense por no mínimo até o dia 01 de setembro de 2014, caso o aporte nos próximos meses seja zero. Considerando um aporte abaixo da média histórica a garantia de abastecimento vai até 01 de outubro de 2014. Já com aporte na média histórica as simulações apontam uma garantia hídrica até 30 de junho de 2015.

Contudo, apesar do bom aporte apresentado nos açudes da região da Bacia Hidrográfica dos Sertões de Crateús, motivo de alívio e comemoração, o Governo do Estado do Ceará, por intermédio da Secretaria dos Recursos Hídricos [SRH] e da Cogerh, continuará com o planejamento de execução das obras da adutora de engate rápido qua abastecerá a sede do município de Crateús. 

A adutora terá 154km de extensão e utilizará como fonte hídrica o açude Araras, reservatório da Bacia Hidrográfica do Acaraú, região norte do Estado. O investimento nas obras da adutora de montagem rápida de Crateús é da ordem de R$79 milhões.


Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :