Aprece e Caixa Econômica Federal fazem balanço de ações conjuntas

Por solicitação da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal [CEF], foi realizada, na última sexta-feira [28], uma reunião na sede da Aprece, da qual participaram representantes das duas instituições. 

O objetivo foi promover um nivelamento das ações que vem sendo realizadas em conjunto e tomar alguns encaminhamentos. Participaram desse momento o superintendente regional da CEF, Paulo Henrique Angelo Souza; o gerente regional de Governo e Judiciário, Marcelo Rodrigues; o representante da GIDUR, Celso Borges; e o prefeito de Capistrano, Cláudio Saraiva, representando a Diretoria da Aprece; além das assessoras da entidade, Íris Lima e Gabriela Pimenta.

Durante o encontro, foi feito um balanço das reuniões técnicas individuais sobre os Restos a Pagar 2012 que foram finalizadas no dia 27 de março. De acordo com essa avaliação, foi constatado que apenas cinco filiados não compareceram a esse momento técnico. Dessa forma, a Aprece solicitou à GIDUR uma última oportunidade de reunião para os mesmos.  Acatando o pedido, a equipe da Caixa fechou uma nova agenda para esses municípios na terça [1º] e quarta-feira [02].

Por conta das reuniões individuais realizadas ao longo das duas últimas semanas, foram geradas providências para os municípios e para a GIDUR, tudo registrado em ata e planilhado pelos técnicos da CEF. O acompanhamento dessas tarefas será feito em conjunto pela Aprece e GIDUR, cabendo à entidade municipalista a mobilização dos municípios de modo a garantir o cumprimento dos prazos estabelecidos. 

O superintendente Paulo Henrique ressaltou a importância da aproximação entre a CEF e a Aprece, informando que no último evento da Caixa no Cariri, os próprios prefeitos solicitaram maior interiorização das atividades conjuntas dos referidos órgãos. 

Dessa forma, sugeriu durante a reunião na Aprece, a realização de capacitações para os servidores municipais voltadas aos pontos de maior dificuldade dos entes, como, por exemplo, a elaboração de projetos de qualidade técnica. A Aprece se comprometeu a elaborar esses cursos juntamente com a Caixa. As capacitações deverão acontecer de forma regionalizada. 

Outra vertente levantada durante a reunião foi o trabalho conjunto entre os órgãos nas Obras Paralisadas, destacando a importância da avaliação in loco para resolução dinâmica das pendências. Ficou decidido que, a partir de julho, será montada uma estratégia de capacitação de servidores e técnicos voltada para equacionar o problema das obras paralisadas. Em breve, deverá ser realizada uma nova reunião com os prefeitos para apresentar resultado finais do calendário de entrega de projetos, calendário de capacitação e visitas de obras paralisadas. 


* Com informações da Aprece
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :