Frente Parlamentar visita Hospital da Mulher de Fortaleza

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa, representada pela presidente, deputada Fernanda Pessoa [PR], e pela vice-presidente, deputada Eliane Novais [PSB], visitou, na última segunda-feira [24], o Hospital da Mulher de Fortaleza. 

Essa foi a quarta visita da Frente Parlamentar, que objetiva traçar um perfil do atendimento direcionado às mulheres no Estado.

As deputadas foram recebidas pelo diretor-executivo do hospital, Rogério Menezes, que explicou que a maior demanda da instituição é por recursos humanos. 

Segundo ele, o hospital está equipado e com capacidade para atuar em diversos segmentos da saúde, “mas não dispõe de pessoal para o pleno funcionamento. São cerca de 600 funcionários, mas precisaria do dobro para funcionar com toda sua capacidade”.

Conforme esclareceu, a Secretaria de Saúde do Município está procurando uma forma de realizar contratação legal de funcionários para o hospital. “Começamos a trabalhar com uma fundação pública, mas de direito privado, o que vai permitir que os funcionários sejam contratados como servidores públicos”, explicou. Ele adiantou que as contratações de novos funcionários serão feitas até o meio do ano.

Para o diretor, a instituição tem um potencial muito grande e muito a oferecer. “Nossa meta é ser um hospital especializado em todos os tipos de atendimento à mulher, uma referência e, nesse momento, o que mais queremos é ter corpo para que ele funcione em sua totalidade”, frisou.

A deputada Fernanda Pessoa lembrou que, este ano, os recursos para o funcionamento do Hospital já foram garantidos pela Lei Orçamentária Anual [LOA]. “Acredito que agora, com recursos garantidos e a previsão de contratação de novos funcionários, poderá haver um aumento no número e na qualidade dos atendimentos”, disse.

Já Eliane Novais ressaltou a importância de garantir a manutenção do hospital. “É preciso colocar todos os leitos à disposição das mulheres [apenas 108 dos 170 estão ativos], médicos e recursos humanos, uma verdadeira força-tarefa”, comentou. Ela desmentiu ainda o boato de que o hospital passaria a atender homens. “O que acontece é que o hospital cedeu parte de seu terreno, que é muito grande, para a construção de mais uma policlínica, e nela serão atendidos homens e mulheres”, disse.

A Frente Parlamentar realizou, este ano, visitas ao Centro Regional Integrado de Oncologia em Fortaleza [Crios], ao Instituto do Câncer do Ceará [ICC] e ao Instituto de Prevenção do Câncer do Ceará [IPCC]. As próximas visitas, ainda sem data marcada, serão ao Hospital da Mulher de Maracanaú e ao Centro de Diabetes.


* Com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :