Desembargador Mário Parente apresenta ao MPCE e à Defensoria Pública plano de ação para a Copa

O desembargador Mário Parente Teófilo Neto, responsável pela implantação da Coordenadoria do Juizado do Torcedor e de Grandes Eventos no Ceará, esteve reunido, na última segunda-feira [17], com o promotor de Justiça André Karbage e a defensora pública Isabelle Ferreira. 

O encontro teve como objetivo apresentar aos representantes do Ministério Público estadual [MPCE] e da Defensoria Pública o projeto do Poder Judiciário para a Copa do Mundo.

“O importante é que o Estado esteja presente nos grandes eventos, colocando à disposição da sociedade tudo o que temos de melhor. Com isso vamos dar um salto de qualidade, sobretudo nesse momento em que o mundo estará olhando para nós”, disse o desembargador.

A iniciativa prevê quatro ações integradas. A primeira é a atuação do Juizado do Aeroporto, com início no dia 5 de junho [o primeiro jogo em Fortaleza será no dia 14 de junho] e término em 18 de julho. A força-tarefa funcionará em sala especial no Aeroporto Pinto Martins, com intérprete e juiz plantonista.

A segunda é o Juizado do Torcedor, dentro da Arena Castelão, para atuar nos dias dos jogos, como ocorreu durante a Copa das Confederações. A unidade também contará com um magistrado e um intérprete de plantão.

A terceira ação é a descentralização do Plantão Criminal, com o objetivo de garantir atendimento não só no Fórum Clóvis Beviláqua, mas também em pontos estratégicos localizados próximos à Arena Castelão. A quarta iniciativa visa dar prioridade ao atendimento do Juizado Móvel para ocorrências nas imediações do estádio. A ideia é contribuir para que haja melhor mobilidade de veículos na área, evitando acidentes e congestionamentos.

“A Defensoria Pública tem todo interesse em expandir o atendimento, de modo que atuaremos em parceria com o Poder Judiciário para que a população tenha o máximo de acesso à Justiça”, destacou a defensora Isabelle Ferreira. O promotor André Karbage considerou excelente a ideia de estabelecer parceria com outros órgãos e disse que a intenção do Ministério Público é colaborar e agir de forma proativa.

Também participaram da reunião o juiz Eli Gonçalves Júnior, do Cartório Judiciário Militar, e o assessor da coordenadoria dos Juizados Especiais, Fábio Girão Serra.


* Com informações do TJCE
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :