Agricultores sofrem prejuízos com aumento dos apagões, apontam especialistas

O setor rural vem enfrentando problemas decorrentes dos apagões. As principais dificuldades foram apontadas em audiência pública realizada no último dia 27, na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária [CRA] do Senado Federal.

Entre elas, os participantes destacaram que a interrupção da energia elétrica impede, por exemplo, o agricultor de irrigar a terra, o produtor de leite de fazer a ordenha mecânica e a refrigeração do produto já estocado; o avicultor de manter os seus animais pela falta de ventilação nos galpões; e o dono do armazém de utilizar o sistema de esteiras para movimentar os grãos.

Os participantes apontaram ainda que, além da perda de produção, os agricultores enfrentam problemas pela queima dos equipamentos, decorrente de oscilações na rede quando do retorno do fornecimento de energia elétrica após os apagões.

O representante da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária [CNA], Cristiano Palavro, ressaltou que a expansão de atividades, como irrigação e beneficiamento de produtos, já estaria comprometida por falta de energia elétrica. 

“Os projetos ficam parados nas instituições financeiras, aguardando a liberação de carga elétrica por parte das concessionárias, o que gera imensa estagnação dessas atividades e prejuízos à economia do país como um todo”, disse.


* Com informações da Agência CNM e da Agência Senado
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :