Recife inaugura complexo cultural em homenagem ao frevo

No Dia do Frevo, último dia 9, a cidade e Recife recebeu o Paço do Frevo, um complexo cultural que será inaugurado em homenagem ao ritmo marcante de Pernambuco.

O espaço é destinado a preservar a riqueza e a cultura do frevo, buscando se tornar uma referência cultural, arquitetônica e histórica para todo o País. O complexo também vai abrigar áreas de lazer e espaço para pesquisa, capacitação e apoio ao profissional.

O Centro funciona em um prédio tombado desde 1998 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional [Iphan], na Praça do Arsenal da Marinha, Bairro do Recife. 

Durante o evento, a presidenta do IPHAN, Jurema Machado, entregou à prefeitura o Certificado do Frevo, Expressão Artística do Carnaval do Recife como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

PATRIMÔNIO CULTURAL Desde 05 de dezembro de 2012 o Frevo Pernambucano é Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, título concedido pela UNESCO durante a 7ª Sessão do Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, ocorrida em Paris. No Brasil, foi inscrito pelo IPHAN no Livro de Registro das Formas de Expressão como Patrimônio Cultural Brasileiro em fevereiro de 2007.

Considerado uma das mais ricas expressões da inventividade e capacidade de realização popular na cultura brasileira, o frevo é uma forma de expressão musical, coreográfica e poética, enraizada no Recife e em Olinda, em Pernambuco. 

O gênero musical urbano surgiu no final do século XIX, no carnaval, em um momento de transição e efervescência social como uma forma de expressão popular nessas cidades. O Frevo é formado pela grande mescla de gêneros musicais, danças, capoeira e artesanato. É uma das mais ricas expressões da inventividade e capacidade de realização popular na cultura brasileira. Possui a capacidade de promover a criatividade humana e também o respeito à diversidade cultural.

Desde suas origens, o frevo expressa protesto político e crítica social em forma de música, dança e poesia, constituindo-se em símbolo de resistência da cultura pernambucana e expressão significativa da diversidade cultural brasileira.


* Com informações da Assessoria de Comunicação IPHAN
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :