MPCE solicita construção de nova cadeia pública em Tauá

O Ministério Público do Ceará [MPCE] ingressou hoje, dia 18, com uma Ação Civil Pública contra o Governo do Estado para pedir que seja providenciada a construção de uma nova cadeia pública em Tauá em um prazo de 180 dias. 

Além disso, o MP pede que a Justiça determine ao Estado a abertura da licitação para contratação de uma construtora dentro de 30 dias. A ação é assinada pela promotora de Justiça Valeska Catunda Bastos, da 1ª Promotoria de Justiça de Tauá. 

De acordo com o MP, a insalubridade e a falta de segurança do local são flagrantes e as precárias condições da unidade são de conhecimento público. Dentre outras coisas, a cadeia está superlotada, pois tem capacidade para apenas 60 detentos, mas conta atualmente com 120 internos.

Há cerca de dois anos o Ministério Público iniciou uma tentativa de diálogo com o Governo, a fim de acordar a construção de um novo estabelecimento prisional na comarca. Após muitos entraves, conseguiu-se a doação de um terreno por parte da Prefeitura Municipal para abrigar a unidade, mas a cadeia ainda não foi construída. 

Por conta do que foi exposto e das graves violações aos direitos humanos dos presos e daqueles que trabalham na cadeia, o MP ajuizou a ação, pedindo também que o estabelecimento seja dotado do número de agentes prisionais suficiente para atender a demanda.
   

* Com informações da Ascom do MPCE
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :