Governo do Estado apresenta balanço geral das ações de convivência com a seca

O Governo do Estado do Ceará apresenta na próxima segunda-feira [24], às 9h,durante a reunião do Comitê Integrado da Seca, no Comando Geral do Corpo de Bombeiros, o balanço geral das ações de convivência com a seca, medidas que têm como objetivo garantir a regularidade no abastecimento hídrico e mitigar os efeitos da seca no estado do Ceará.

A programação do encontro iniciará com a divulgação daprevisão climática para osmeses de março, abril e maio de 2014, realizada pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - Funceme. 

O documento a ser apresentado, mostrará a reavaliação das condições termodinâmicas dos oceanos Atlântico e Pacífico e da atmosfera. Também serão considerados os modelos atmosféricos da Funceme e de várias instituições nacionais e internacionais.

Logo após a divulgação do novo prognóstico da Funceme, o Secretário de Desenvolvimento Agrário do Estado e Coordenador do Comitê, Nelson Martins, apresentará um balanço das várias ações do Comitê, envolvendo Operação Carro-Pipa do Exército Brasileiro e da Defesa Civil Estadual, perfurações de poços, cisternas de consumo e produção, sistemas de abastecimento d'água dos programas Água Para Todos e São José III, Garantia Safra, máquinas e equipamentos para as prefeituras, novas adutoras de montagem rápida e outras ações.

Na ocasião, o Diretor de Operações da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Cogerh, Ricardo Adeodato, apresentará detalhes das fases I e II do Plano de Implantação de Adutoras Emergenciais, concluídas pelo Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal,e o planejamento para a execução da fase III, aprovado pelo governador Cid Gomes na última segunda-feira (17).

Na primeira fase foram investidos R$ 32,5 milhões na construção de 10 adutorasemergenciais, infraestruturas hídricas que garantiram segurança hídrica para a população deAcopiara, Canindé, Caridade, Crateús, Beberibe, Coreaú, Moraújo, Madalena, Pecém, Tauá eMeruoca. Foram mais de 130km de adutoras de montagem rápida construídos em apenas 90 dias.

Na segunda fase do projeto o investimento foi da ordem de R$ 15,4 milhões. Foramconstruídas seis adutoras de montagem rápida, cerca de 87km de tubos e conexões. Nesta fase foram beneficiados os municípios de Campos Belos, Caridade, Fortim, Pacujá, Graça, Parambu,Pindoretama e Potengi.

Com a aprovação da terceira fase do plano, o Governo do Estado pretende investir maisR$ 54,2 milhões na construção de 406km de adutoras emergenciais de montagem rápida,investimento que reforçará o abastecimento e garantirá segurança hídrica para os municípios deCrateús, Caridade, Canindé, Nova Russas, Tauá, Caririaçu, Irauçuba, Alcântaras, Quiterianópolis,Potiretama e Maranguape. Com a execução das três fases do Plano de Implantação de Adutoras Emergenciais mais de 500 mil cearenses estão sendo beneficiados.

O Projeto de Implantação de Adutoras Emergenciais utiliza tubos fabricados em aço corten, um tipo de aço que utiliza em sua composição elementos que melhoram suas propriedades anticorrosivas, possibilitando três vezes mais resistência à corrosão do que o aço comum. Uma das principais características do aço corten é a camada de óxido de cor avermelhada que se forma quando ocorre a exposição do produto aos agentes corrosivos do ambiente.

Atualmente o estado do Ceará acumula cerca de 5,5 bilhões de metros cúbicos de água,cerca de 29,8% da sua capacidade total de armazenamento.

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Ceará destaca que além das adutorasemergenciais, o Estado e o Governo Federal estão investindo na construção de sistemas deabastecimento d'água. “Somente com os projetos São José III e Água para Todos, parceria com oMinistério da Integração Nacional, estamos investindo mais de R$ 56 milhões, somando as obrasque estão em andamento e as que estão em licitação”, afirmou.

Nelson Martins informou ainda que no próximo dia 19 de março, dia de São José, o Governador Cid Gomes deve liberar mais projetos de abastecimento tanto pelo Programa Água para Todos, como pelo Projeto São José III. “A meta é universalizar no Ceará o abastecimentod'água e estamos realizando tanto obras emergenciais como estruturantes”, afirmou.


Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :