Conselho Cearense dos Direitos da Mulher abre edital de convocação para entidades da sociedade civil

O Conselho Cearense dos Direitos da Mulher [CMDM], órgão vinculado ao Gabinete do Governador, abre edital de convocação para a seleção de oito vagas destinadas a entidades da sociedade civil para o quadriênio 2014-2017.

Criado em 1986, o CCDM é responsável pela inserção dos direitos das mulheres na agenda do Governo Estadual e Municipal, tendo o objetivo de exercer o controle social das políticas públicas das mulheres, além de acompanhar as ações dos Conselhos Municipais no interior do Estado. 

O Conselho também tem o papel de efetivar a implantação do Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência Contra Mulher, atuando com órgãos representantes da sociedade civil organizada e do governo, protagonizando ações relevantes em favor da ampliação da cidadania das mulheres.

REQUISITOS: 

Podem habilitar-se:

Redes e articulações feministas e de defesa dos direitos das mulheres [2 vagas];

Organização de caráter sindical, associativa, profissional ou de classe que atuem na defesa da democracia e na promoção da igualdade social e dos direitos das mulheres [6 vagas]; Organizações mistas: que seja representada por sua instância de mulheres, com delegadas preferencialmente mulheres; Devem representar as mulheres em suas diversidades ou um segmento especifico [quilombolas, negras, lésbicas, etc].

Atuar em um ou mais eixos do Plano | Nacional, a saber:

Igualdade no mundo do trabalho e autonomia econômica;
Educação para igualdade e cidadania;
Saúde integral das mulheres, direitos sexuais e direitos reprodutivos;
Enfrentamento de todas as formas de violência contra as mulheres;
Fortalecimento e participação das mulheres nos espaços de poder e decisão;
Desenvolvimento sustentável com igualdade econômica e social;
Direito à terra com igualdade para as mulheres do campo e da floresta;
Cultura, esporte, comunicação e mídia;
Enfrentamento do racismo, sexismo e lesbofobia;
Igualdade para as mulheres jovens, idosas e mulheres com deficiência.

Ato de inscrição:
Enviar ofício para a Cepam, com dados qualificadores: nome, endereço com CEP, telefones e e-mail, indicando sua candidatura em uma das duas categorias e indicando uma delegada titular e uma suplente, com os seguintes documentos:
a) Estatuto ou regimento interno, onde conste a missão referente à
promoção da igualdade de gênero ou direitos das mulheres;
b) CNPJ da entidade comprovando sua existência há, pelo menos, dois anos;
c) Documento descritivo das atividades da entidade nos dois últimos anos;
d) Documentos comprobatórios da existência de trabalhos da entidade
em, pelo menos, 3 municípios do Estado;
e) Cópia da ata de eleição da última diretoria da entidade;
f) Documento de identificação da delegada (e da suplente), com foto.

Os documentos deverão ser enviados pelo correio com Aviso de Recepção (A.R), para a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para as Mulheres (Cepam), indicando no envelope o título deste edital.

A data da postagem só vale até 30 dias a partir da publicação: 13 de março de 2014.
A data da postagem deverá ser encaminhada para a Cepam, para o e-mail:
cepamce@gabgov.ce.gov.br



Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :