Ceará recebe visita de auditores internacionais da Organização Mundial de Saúde Animal

O Estado do Ceará recebeu, na última quinta-feira [13], a visita de fiscais da Organização Mundial de Saúde Animal [OIE] para acompanhar as ações que o Estado está desenvolvendo no que diz respeito aos programas de sanidade animal. 

A missão foi acompanhada por representantes do Ministério da Agricultura e Pecuária [MAPA]. A visita faz parte das ações necessárias para o reconhecimento do Estado como Zona Livre internacional de febre aftosa com vacinação.

Os auditores verificaram as condições de estrutura e funcionamento de abatedouros do Ceará, conheceram e auditaram os programas estaduais de sanidade animal, executados pela Agência de Defesa Agropecuária do Ceará [Adagri]. Em outubro, o Ceará foi reconhecido nacionalmente com zona livre de febre aftosa com vacinação, aos fiscais foi apresentado também as ações e políticas executadas a fim de se obter o reconhecimento internacional.

O presidente da Adagri, Augusto Júnior, informou os números da última campanha de vacinação contra a febre aftosa. Na primeira etapa foram vacinados mais de 94% do rebanho bovino e bubalino e na segunda etapa da campanha, 92,82% dos animais e 85,54%das propriedades foram imunizados.

Já está em andamento a fase de pós-campanha, na qual a Adagri está notificando os produtores que não vacinaram o rebanho, seguindo o que determina a lei. "Apresentamos também as nossas ações de combate à anemia infecciosa equina e o mormo, o combate à tuberculose e brucelose dos bovinos, dentre os programas de sanidade de aves e ovinos e caprinos e os serviços de inspeção aos produtos de origem animal, abatedouros, laticínios e queijarias", informou Augusto Júnior.

Segundo Augusto Júnior, o Estado do Ceará está cumprindo as exigências dos organismos internacionais e do próprio MAPA para obter o reconhecimento internacional. "Estamos bastante otimistas, principalmente com a possibilidade de abrir os Portos do Pecém e Mucuripe para exportar os produtos de origem animal".

O resultado da auditoria deve ser anunciado, em maio, na sede da OIE, em Paris. O secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, destacou que ,além da vacinação ao rebanho, o Estado do Ceará estruturou a ADAGRI, com a contratação de servidores e a aquisição de equipamentos, além da estruturação de escritórios no interior.

Participaram do encontro no gabinete do secretário Nelson Martins, o presidente da FAEC, Flávio Saboya, o representante da Fetraece, Emanuel Oliveira e a Superintendente Estadual do MAPA no Ceará, Maria Luiza Rufino. Além do Estado do Ceará, a auditoria vai visitar os Estados do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba e Bahia.



* Com informações da Assessoria de Comunicação da SDA
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :