TJCE propõe ações para acompanhamento psicossocial dos magistrados

A Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Justiça do Ceará [TJCE] elaborou projeto de Acompanhamento Psicossocial dos Magistrados, com o objetivo de diagnosticar os principais fatores de estresse e propor ações para prevenir o aparecimento de doenças psicossomáticas relacionadas à profissão.

O levantamento foi elaborado por equipe liderada pela psicóloga do Fórum Clóvis Beviláqua, Fabíola Menezes Bessa, a partir de sugestão da Associação Cearense de Magistrados [ACM]. Os resultados da pesquisa, realizada entre setembro de 2013 e janeiro deste ano, foram consolidados em relatório com propostas de ações.

Segundo o chefe do Serviço de Treinamento do TJCE, Rômulo Justa, a partir do diagnóstico será possível implantar uma estrutura de assistência psicossocial, visando à verificação de sintomas de estresse no trabalho, melhoria na qualidade de vida dos magistrados e adoção de hábitos saudáveis.

A proposta consiste na realização sistemática de treinamentos relacionados a manejo de estresse, administração pessoal e profissional do tempo, resiliência e habilidades de gerenciamento de pressões externas. Também são sugeridas parcerias com planos de saúde, campanhas preventivas e informativas, convênios com clínicas especializadas e promoção de ações para maior integração entre os magistrados.

“A atividade da magistratura pode expor profissionais e familiares a riscos e danos, tanto no âmbito físico quanto emocional. Daí a importância do esforço conjunto para evitar esses problemas”, afirmou Rômulo Justa. Ele também explica que o projeto está alinhado ao planejamento estratégico do Tribunal, que inclui assegurar uma prestação jurisdicional célere e efetiva, melhorar a produtividade e garantir a valorização de magistrados e servidores.



* Com informações do TJCE
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :