Projeto de lei propõe criação do Programa Nacional de Apoio ao Tratamento da Dependência Química

Projeto de lei [PLS] 100/2013 em tramitação no Senado Federal, institui a criação do Programa Nacional de Apoio ao Tratamento da Dependência Química [Pronaqui]. O objetivo é captar e direcionar recursos para a prevenção e o combate à dependência química.

Para tanto, o projeto de lei estabelece que o Pronaqui será implementado mediante incentivo fiscal a ações e serviços de atenção psicossocial, desenvolvidos por instituições de prevenção e combate à dependência química.

De acordo com a Confederação Nacional de Municípios [CNM], a entidade reconhece a existência de uma grande demanda de pessoas dependentes químicas não atendidas pelos centros públicos de atenção à saúde mental. 

Conforme a CNM, iniciativa de promover incentivo fiscal aos centros privados é positiva, uma vez que pode ampliar o acesso a esses serviços. Afinal, os indivíduos dependentes necessitam de tratamento e cuidado. O único alerta da entidade é para que não exista uma transferência de responsabilidade entre Estado e instituições.

OBJETIVOS O propósito é incentivar doações aos centros privados de reabilitação sem fins lucrativos que tenham projetos aprovados pelo Ministério da Saúde. O valor doado pode ser deduzido do imposto de renda daquele que o faz [pessoa física ou jurídica]. A proposta deve ser analisada pela Comissão de Assuntos Econômicos [CAE] no início deste ano.


* Com informações da Agência CNM
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :