Presidente do TCE-CE submeterá ao Plenário projeto de lei para criação de mais 30 vagas de analista de controle externo

Reeleito pelo Plenário no dia 17 de dezembro, o conselheiro Valdomiro Távora já iniciou suas atividades na direção da Corte de Contas, biênio 2014/2015. 

Em audiência realizada no Palácio da Abolição, com a presença do conselheiro Edilberto Pontes, Vice-Presidente, e do conselheiro Pedro Timbó, o Presidente do TCE destacou junto ao governador Cid Gomes as prioridades desta gestão. 

O encontro foi bastante proveitoso, com o apoio do Governador para a criação de 30 novas vagas para o cargo de analista de controle externo do Tribunal de Contas do Estado do Ceará [TCE-CE]. 

Valdomiro Távora ressaltou que a conquista vai ao encontro de sua principal meta nesta nova gestão: trabalhar com afinco para agilizar a tramitação dos processos e garantir maior transparência e acesso do cidadão às ações do Tribunal. 

“O desafio é grande. Temos muito trabalho pois as demandas do Tribunal aumentaram bastante, até devido aos grandes investimentos feitos pelo Governo do Estado. Nosso corpo técnico tem muita qualidade. E agora, com o compromisso de elevar o quantitativo de analistas, certamente os trabalhos terão um maior rendimento.”

Com a sinalização positiva do Governador, o presidente Valdomiro Távora deve submeter a mensagem e projeto de lei ao Plenário da Corte de Contas. Em sendo aprovado, o texto segue para a Assembleia Legislativa. Com o acréscimo de 30 novas vagas para analistas, o Presidente pretende, em breve, lançar o edital para realizar concurso público: serão 35 vagas para analista, 10 para técnicos, 1 [uma] vaga para procurador e 1 [uma] para auditor.

Além do concurso, a Presidência do TCE, juntamente com a Secretaria de Controle Externo, está avaliando mecanismos para agilizar a análise e proceder o julgamento do estoque de contas de gestão. “Vamos definir um conjunto de medidas para dar uma resposta célere à sociedade. A demanda é muito grande. Temos uma Inspetoria de Controle Externo só para analisar convênios. Mas são poucos servidores. Com a boa vontade de todos os conselheiros, auditores, procuradores e servidores faremos o que for possível para dar maior celeridade à análise dos processos”, declarou Valdomiro Távora.


Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :