Ministério da Integração Nacional repassa recurso para implantação de núcleo apícola em Icó

O Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional [SDR-MI], celebrou, no último dia 19 de dezembro, quatro convênios e um termo de compromisso com o governo do Ceará.  

Os repasses são frutos de uma interação entre os Programas Rotas da Integração Nacional e Água Para Todos, e visa à estruturação das cadeias produtivas locais, implantação de sistemas de irrigação para produção de forragem e fomento da fruticultura em municípios cearenses. 

No âmbito do programa Rotas da Integração serão investidos mais de R$ 16 milhões para capacitação de agricultores e estímulos às Rotas do Cordeiro, Mel, Repalma e Mandiocultura. Para a implementação do Água Para Todos serão destinados mais de R$ 8 milhões para entrega de 2.017 kits de irrigação. Esta atuação integrada beneficiará cerca de cinco mil e quinhentos agricultores familiares do semiárido do Ceará.

Ainda serão assinadas sete ordens de serviços no valor de R$ 14.679.188,27 para a implantação de 104 sistemas coletivos de abastecimento de água no estado, beneficiando 3.899 famílias, por meio do programa Água Para Todos.

ROTAS DE INTEGRAÇÃO NACIONAL E APICULTURA DE ICÓ Atuante em seis setores, o Rotas da Integração visa a promover a inovação, diferenciação, competitividade e lucratividade dos empreendimentos, mediante o aproveitamento das sinergias coletivas e a ação convergente das agências de fomento.

Entre as Rotas beneficiadas pelo projeto no Ceará está a da apicultura, que receberá recursos para investir na identificação, mobilização e capacitação de mais de 300 agricultores familiares. Cerca de R$ 3.635.922,60 serão repassados ao Ceará para a implantação de oito núcleos apícolas nos municípios de Quixelô, Icó, Jucás, Aratuba, Capistrano, Piquet Carneiro, São Benedito e Poranga.

Outra rota será a do Cordeiro, que deve receber R$ 4.938.777,10,para explorar de forma sustentável, os produtos provenientes das atividades da ovinocultura de corte, caprinocultura leiteira e de corte na agricultura familiar.  O benefício vai atender 604 agricultores familiares distribuídos em 11 núcleos de produção de leite de cabra e um núcleo de produção de carne de ovinos e caprinos.

Os municípios beneficiados foram selecionados por apresentarem grande número de agricultores familiares inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais [CadÚnico], além de possuírem significativo rebanho e grande potencial para exploração da ovinocaprinocultura. São eles, Santa Quitéria, Monsenhor Tabosa, Tamboril, Catunda, Ipueiras, Nova Russas, Campos Sales, Aiuaba, Independência, Crateús, Poranga e Tauá.

A mandiocultura, uma das principais atividades produtivas do estado, também está dentro dos planos de investimento do programa Rotas da Integração Nacional. Com o objetivo de potencializar ainda mais a cadeia de mandioca, o Ministério da Integração destinou R$ 1.491.995,00  para modernização de 16 agroindústrias de farinha, visando ao fortalecimento do setor da mandiocultura e aumentando a renda do agricultor familiar.

Além da mandioca, os kits de irrigação irão beneficiar a produção de palma forrageira. O convênio firmado entre o MI e o governo do Ceará, no valor de R$ 6.090.905,10, permitirá a instalação de um centro de produção de raquetes, cultivo de 30 hectares de mudas de palma, orientação e acompanhamento de dois mil agricultores. Com isso, estima-se que em cinco anos o estado tenha 30 mil hectares de palma plantada.


* Com informações da Ascom do MI
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :