Defensoria Pública do Estado do Ceará divulga balanço de atendimentos

Durante o ano de 2013, a Defensoria Pública do Estado do Ceará beneficiou 649.333 pessoas que procuraram atendimento na Instituição. 

número vem crescendo a cada ano, expressando a essencialidade da Defensoria Pública para o regime democrático e para a ordem social. Em média, esse número cresceu 12,57% por ano, entre 2007 e 2013. Nesse período, a Defensoria Pública teve um crescimento de 83,671% no total de pessoas beneficiadas.

No ano passado, dentre os atendimentos, pode-se destacar o número de petições iniciais, que chegou a 143.839 em todo o Estado; e as audiências judiciais e extrajudiciais, que alcançaram a marca de 55.604. Nesse sentido, teve impacto relevante a mudança do Núcleo Central de Atendimento [NCA] para a Sede Administrativa da DPGE, onde, com instalações modernas e investimento maciço em equipamentos de tecnologia, foi possível otimizar a produtividade e maximizar os atendimentos oferecidos pela Instituição.

“A cada dia, a Defensoria Pública do Estado do Ceará vem se firmando como Instituição modelo, tornando-se referência para outras Defensorias Públicas do Brasil. O conhecimento técnico e o serviço jurídico de qualidade, aliados ao comprometimento com os assistidos, vem garantindo aos Defensores Públicos reconhecimento perante a sociedade e o meio jurídico”, destaca a Defensora Geral do Estado do Ceará, Andréa Maria Alves Coelho.

Além do aumento no número de atendimento, as mudanças estruturais permitiram que a população tivesse mais conforto também no interior do Estado. No biênio 2012-2013, foram inaugurados os primeiros quatro núcleos modelo da Defensoria no Interior: Aracati, Caucaia, Juazeiro do Norte e Sobral, que já estão em pleno funcionamento.

Ao todo, foram realizados 269.243 atendimentos em todo o Estado do Ceará. Em, Caucaia, por exemplo, onde foi implantado o atendimento eletrônico semelhante ao que existe no Núcleo Central de Atendimento, foram beneficiadas 10.524 pessoas. Outra comarca de relevância foi Juazeiro do Norte, onde 9 defensores públicos realizaram ao longo do ano 24.487 atendimentos. A cidade recebeu em novembro a Casa de Mediação e Núcleo de Petição Inicial, que, durante 02 meses, já realizou uma média de 400 atendimentos, 180 petições iniciais, 24 audiências de mediação com 16 acordos.

Em Sobral, outra cidade que recebeu uma sede própria da DPGE, foram realizados 20.209 atendimentos. Para Andréa Coelho, Defensora Pública Geral, a administração da Instituição esteve focada em realizar melhorias nas Comarcas do Interior do Estado. Neste ano, a DPGE visitou todas as regiões do Ceará (Cariri, Litoral Leste, Sertão Central, Centro Sul, Inhamuns, Região Metropolitana e Região Norte). “Colaboradores das áreas de informática, apoio e logística estiveram presentes em todas as comarcas a fim de prestar serviço de suporte aos Defensores”, destacou.

Além disso, a DPGE já iniciou procedimentos para construção de Edifícios próprios em Sobral, Caucaia e Quixadá, em terrenos doados pelas prefeituras locais. A Defensoria também possui terrenos nas cidades de Crato e Itapipoca para construção de futuras sedes próprias.


* Com informações da DPGE
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :