CGD instaura processo disciplinar para apurar conduta de Inspetor de Polícia Civil acusado de agredir advogada na delegacia de Canindé

Considerando denúncia amplamente veiculada pela mídia, no último dia 13, segundo a qual um Inspetor de Polícia Civil, identificado como sendo o IPC João Batista Felix de Castro, teria agredido fisicamente a advogada Elisângela dos Santos a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário [CGD] determinou  a instauração de Processo Administrativo Disciplinar [PAD].

A medida, tomada pelo  Controlador Geral de Disciplina, aconteceu em face da ocorrência, cujo acusado deu uma "cabeçada" na vítima, resultando em fratura no nariz da vítima, no momento em que o Policial tentava impedir a liberação de um veículo, na Delegacia de   Canindé-CE, sendo que tal restituição já havia sido autorizada pela titular da mencionada Delegacia de Polícia Civil.

Segundo a CGD, de acordo com a denúncia, o Policial Civil irá responder judicialmente pela suposta prática de lesão corporal e abuso de autoridade, quanto ao fato acima narrado.

Além da instauração de Processo Administrativo Disciplinar, a CGD afastou preventivamente o acusado, por prática de ato incompatível com a função.


* Com informações da Ascom da CGD
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :