A Morte da Escola Monsenhor no Planeta Aquarius

Outro dia fui convidado para participar de uma conferência no meu planeta natal Aquarius, esperei a nave como de costume e, no dia determinado uma super nave veio me pegar, fiquei muito feliz, pois a tecnologia havia  sido  modificada, não mais 1000 vezes a velocidade da luz como  no rito estabelecido, mas sim, no sistema de transladação via corredores de quasares com repelente de força gravitacional e ionização em corrente contínua.

Em poucos minutos estava lá eu, novamente, no meu Querido Planeta  Natal Aquarius- Tudo como antes, pois em Aquarius o tempo Real não existe, segui os procedimentos exigidos, ou seja, coloquei o chip aquariano, conferi o meu cartão de identificação Aquariana  a luz verde acendeu e adentrei, ao entrar no plenário, uma chuva calorosa de palmas, neste momento já fui ficando desconfiado, pois em Aquarius não existe emoção, porém sempre de cabeça baixa uma forma pedagógica de  explicar aos humanos, conferi a numeração e sentei na minha velha e boa cadeirinha, ao tempo em que girava em 4D no telão, o tema  da conferencia: A Morte da Escola Monsenhor Vicente Bezerra na cidade de Aurora [CE] no Planeta Terra. Na verdade senti logo uma dor psicológica, uma dor fina e consistente, mas ai notei que em Aquarius a dor não existe,  descobri que a dor era tão somente uma lembrança da dor real no Planeta Terra.

O Conferencista saudou a platéia, estava com uma alegria estampada no rosto, a emoção brotando a flor da pele, se bem que em Aquarius a emoção não existe.

O Conferencista foi logo ao Tema:

“ Queridos Aquarianos conforme o nosso rito aprovado por este plenário enviamos “um dos nossos” para Planeta  Terra na constelação da Via- Láctea, com localização em GPS dos terráqueos na Região da Chapada do Araripe   no Estado do Ceará, Brasil, mais precisamente na cidade de Aurora para fazer uma avaliação global da Educação  no Planeta Terra”

Continuou...

Vocês sabem o que aconteceu? A Escola que o nosso representante foi fazer a avaliação da educação dos Terráqueos – Titulada: Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra esta prestes a ser fechada, fechada para sempre, fechada eternamente se bem que em Aquarius o tempo real não existe.

Quem foi o culpado perguntou o conferencista?

Todos gritaram em alto e bom som - O nosso irmão enviado, pois ele deveria ter comunicado a central e não fez, a sua omissão é o reconhecimento de sua culpa.

Qual deve ser a sua pena!

O plenário gritou geral, a máxima colocar o nosso enviado em órbita no numa cápsula fechada a girar infinitamente pelo cosmo até os confins do universo curvo em  expansão.

Todos estão de acordo perguntou o conferencista?

Sim, gritou geral quase unanimidade, pois, antes do fechamento da Ata o sábio pediu a palavra;

- Queridos Aquarianos, quando do fechamento da Escola Monsenhor Vicente Bezerra punimos um dos nossos a girar eternamente no Universo, - e na remota possibilidade do fechamento do universo puniremos quem?

Silencio geral na Platéia.

- Façamos o seguinte vamos deixar o nosso enviado na Escola Monsenhor Vicente Bezerra, pois quando a escola fechar definitivamente, ele com certeza irá sentir a dor, uma dor fina continua e constante.

Um dos presentes pediu a palavra:

-Protesto

"Protesto aceito", determinou o sábio

O Colega Aquariano replicou: “nós Aquarianos não sentimos dores, logo o colega punido não vai sentir dor, pois ele é também um Aquariano.

-Sim!!!  Respondeu o sábio Aquariano, você parte de uma premissa verdadeira, mas  conclui com uma falsa.

- Como assim sábio, perguntou o colega Aquariano?

- Em Aquarius não existe dor, não existe morte, não existe envelhecimento, não existe  força da gravidade, não existe tempo, não existe dependência de nada,tudo isto vocês têm e nem valorizam, já o colega Aquariano vai ter que conviver com tudo isto no planeta dos  terráqueos

- Entenderam ?

-Não

- Dúvidas?

- Todas

- Mas é assim que a coisa funciona.


* Texto escrito e enviado por Luiz Domingos de Luna - Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora, Ceará [E-mail: falcaodouradoarte@hotmail.com].
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :