Padre icoense é homenageado em Memorial do Cólera, que será inaugurado em Tauá

Frutuoso Ribeiro. Este é o nome do padre icoense que foi uma das 216 vítimas fatais do cólera no município de Tauá e que serão homenageados com o Memorial do Cólera, que será inaugurado nesta quinta-feira [7], às 18h, em Tauá
.
De acordo com as informações do pesquisador Joaquim de Castro Feitosa, em 1862 Tauá tinha uma população em torno de 14 mil habitantes e cerca de 12 mil foram contaminadas.

 A doença fez 216 vítimas entre elas os padres, Frutuoso Ribeiro [Icó-CE], João Felipe Pereira [Serra dos Martins-RN] e o ajudante Joaquim da Silveira.

O monumento é considerado importante para a história do município de Tauá e foi autorizado pelo município de Tauá. A instalação do Memorial foi uma solicitação do padre Marízio Cremaschi, pároco de Tauá, da ambientalista Maria Dolores de Andrade Feitosa, professor João Álcimo Viana para a prefeita Patrícia Aguiar, que prontamente atendeu a reivindicação. O Memorial fica no bairro Alto Nelândia.


* Com informações e imagem do Blog Diário Centro-Sul / Diário do Nordeste Online
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :