Obras em equipamentos culturais mantidos pela Secult envolvem mais de R$ 57,2 milhões

Uma detalhada apresentação dos projetos de reforma, recuperação, restauração e conservação dos equipamentos culturais do Estado foi realizada na última terça-feira [12], no Departamento de Arquitetura e Engenharia do Governo do Estado [DAE], com a presença do secretário estadual de Cultura, Paulo Mamede.

Arquitetos do DAE apresentaram detalhes das obras que serão realizadas em equipamentos como o Theatro José de Alencar [iniciadas na última segunda-feira, 11], o Cine São Luiz [a se iniciarem na segunda-feira, 18] e a Biblioteca Pública Menezes Pimentel, com início marcado para o dia 25 próximo.

O secretário Paulo Mamede apresentou informações sobre o estágio em que se encontram os processos e projetos referentes às obras, que também beneficiarão o Museu do Ceará, o Arquivo Público do Estado, o Arquivo Intermediário, a Casa de Antônio Conselheiro, em Quixeramobim, o Centro Cultural Dragão do Mar, o Centro Cultural Bom Jardim, e o Memorial do Cego Aderaldo, em Quixadá. Assim como a Pinacoteca do Estado, que será instalada na Estação João Felipe, no Centro de Fortaleza, todos os equipamentos tiveram seus projetos arquitetônicos expostos em detalhes pela equipe do DAE.

Ao todo, os recursos já garantidos pelo Governo do Estado para investimento na realização das obras no conjunto de equipamentos chega a R$ 57.254.709,59. Esse valor não inclui, por exemplo, as obras no Arquivo Intermediário, cujo orçamento está em fase de elaboração. Para alguns projetos, como o da Pinacoteca, que já tem garantidos R$ 5.596.423,00 em investimento do Tesouro Estadual e cuja instalação está orçada em cerca de R$ 20 milhões, a Secult está buscando complementação com recursos federais. O conjunto de obras tem até o final de 2014 como prazo de conclusão.

"Agradecemos muito à equipe do DAE, por toda a dedicação que vem tendo com a Secult quanto a essas obras nos nossos equipamentos culturais. As obras são essenciais para que se cumpra nosso objetivo de garantir que a população tenha acesso aos equipamentos, com plenas condições de uso e com programação de qualidade", destacou o secretário Paulo Mamede.

"É com muita satisfação que prestamos contas desses projetos. O DAE está à disposição para ajudar", ressaltou Sílvio Campos, superintendente do Departamento de Arquitetura e Engenharia. Nélia Romero, Robledo Duarte e Beatriz Carneiro, arquitetos, se revezaram na apresentação dos diversos projetos ligados aos equipamentos culturais do Estado.

MOBILIZAÇÃO Outro objetivo da apresentação, destaca o secretário Paulo Mamede, foi assegurar o cumprimento de prazos e a transparência na aplicação dos recursos garantidos pelo governador Cid Gomes para essas obras, além de chamar atenção da sociedade para a importância desses equipamentos e das diversas operações de recuperação, conservação ou restauro pelas quais passarão nos próximos meses.

O secretário Paulo Mamede destaca os investimentos do Governo do Estado e o trabalho que vem sendo realizado para garantir aos cidadãos plenas condições de uso dos equipamentos culturais.  “Nosso objetivo é garantir que as políticas públicas do Estado para a cultura possam ter funcionamento, na prática e no dia a dia, de forma democratizada, acessível a todos os interessados, em condições justas e igualitárias, priorizando o interesse da sociedade. Cada pessoa tem direito a exercer a sua cidadania cultural. A população deve ser sempre a principal beneficiada”, destaca o secretário.

“Para isso, é essencial que os equipamentos da Secretaria estejam em boas condições e tenham programação de qualidade. Daí nosso esforço para agilizar as obras pelas quais os diversos equipamentos que já temos precisam passar. Nessa luta, várias instâncias do governo têm acolhido as nossas solicitações, para termos rápido andamento dos processos e das obras. A parceria com o DAE tem sido fundamental", destaca Paulo Mamede.

RECURSOS O Theatro José de Alencar já teve assinada a ordem de serviço para as obras de conservação e recuperação. Os recursos somam  2.338.198,83, provenientes do Tesouro Estadual, e as obras compreendem recuperação e pintura geral da edificação - alvenaria, estruturas de ferro, pisos, portas e janelas -, além da requalificação do jardim e do sistema de prevenção de incêndio. A empresa responsável vencedora da licitação é a TSR e os trabalhos já tiveram início, tendo prazo de oito meses para conclusão.

Já na segunda-feira, 18/11, às 9h, será realizada a assinatura da ordem de serviço das obras de restauração do Cine São Luiz, que será devolvido à cidade, em um prazo de 12 meses, na forma de um cine-teatro. O investimento do Governo do Estado é de R$ 17.981.975,28, sendo R$ 15.287.832,21 correspondentes às obras que serão executadas pela Construtora Granito Ltda.


* Com informações da Assessoria de Comunicação - Secretaria da Cultura do Ceará
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :