IPPOO I passa por intervenção de grafite dentro do Festival Concreto

A partir de sábado [16], a muralha do desativado Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira I [IPPOO I] passa por uma intervenção bem diferente. 

Um grupo de artistas urbanos fará uma grafitagem nos muros do presídio dentro da programação do Festival Concreto, primeiro festival de arte urbana realizado em Fortaleza, de 16 a 23 de novembro.

A intervenção ocorre durante todos os dias do festival e diariamente terá um grupo de cinco a sete artistas no local. O organizador do Festival, Narcélio Grud, explica que foi traçada uma rota identificando espaços adequados às intervenções e o IPPOO I foi um deles. “A ideia é ocupar espaços que tenham boa visibilidade e bom tamanho”, explica.

INCLUSÃO SOCIAL O grafite é um dos meios utilizados pela Secretaria da Justiça do Estado do Ceará [Sejus] para promover inclusão social com os internos do sistema prisional. A Sejus desenvolve um projeto com aulas profissionalizantes de grafite para os internos do IPPOO II.  Batizado de GrafitArt, é desenvolvido no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira II e é ministrado pelo professor Davi Favela, artista dos muros e sprays e membro da Central Única de Favelas [Cufa].

Recentemente, três egressos do sistema penitenciário participaram da exposição de painéis "Estar urbano", da Casa Cor Ceará 2013, onde dez artistas das áreas de pintura, grafitagem e fotografia retrataram o tema da mobilidade urbana.

DESATIVAÇÃO A Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará [Sejus-CE] realizou no dia 08 de janeiro de 2013 a desativação total do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira I, no Itaperi, fazendo a transferência dos últimos 59 presos da unidade. O antigo prédio do IPPOO I, localizado na avenida dos Expedicionários, irá para leilão público, executado pelo Governo do Estado do Ceará. Por se localizar em zona eminentemente urbana, a unidade não representava mais um modelo viável nas políticas penitenciárias atuais.

Inaugurado no dia 25 de maio de 1978, na gestão do então Governador do Estado Cel. Adauto Bezerra de Menezes, a unidade prisional já foi considerada a principal unidade prisional do Ceará. Desde 07 de novembro de 2006, vinha sendo alvo de diversas decisões judiciais de interdição.


* Com informações da Assessoria de Comunicação da Sejus
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :