Festival Popular de Teatro de Fortaleza realiza a quarta edição

Vários espaços públicos da capital cearense serão palco, entre os dias 8 e 12 de novembro, dos espetáculos do Festival Popular de Teatro de Fortaleza [FEPTEF], projeto apoiado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura. 

Em sua quarta edição, o Festival comemora um número recorde de inscrições, com 28 grupos participantes, inclusive de outros estados, como: Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul e Sergipe, além do Distrito Federal.

A abertura do evento aconteceu nesta sexta-feira [8], a partir das 18h, na Praça do Ferreira e contará com a participação do grupo musical Os Transnacionais e do artista Lirinha - músico, compositor, poeta, escritor e ex-integrante do projeto “Cordel do Fogo Encantado”. 

O encerramento será na terça-feira [12], também na Praça do Ferreira, com a apresentação do bloco carnavalesco “As Gata Pira”, que tem na sua coreografia todo um toque teatral. Haverá ainda a apresentação do espetáculo “Engenharia Erótica – Fábrica de Travestis”, que visa quebrar velhos conceitos e paradigmas acerca do tema.

O Festival tem como objetivo popularizar a arte de encenar, levando apresentações para praças, terminais rodoviários e escolas públicas. Dessa forma, da visibilidade aos grupos de teatro da periferia, fortalecendo a produção artística nesses locais.

Transeuntes de lugares como a Praça do Ferreira e os terminais do Papicu, Messejana, Lagoa, Parangaba e Siqueira serão presenteados, gratuitamente, com espetáculos voltados para os mais diversos públicos, com a real função de levar a arte aonde o povo está.

“O mundo hoje é muito virtual, claro que isso tem o seu valor, mas sendo o teatro uma arte eminentemente presencial, nós precisamos fortalecê-la para que ela continue sendo uma forma de transformação social, principalmente entre os jovens”, explica Raimundo Moreira, ator da Cia Prisma de Artes e organizador do evento.

Festival nessa edição recebe o apoio das leis de mecenato estadual e federal através da secretaria da cultura do Estado e Secretaria de Cultura do Município, além do apoio da Coelce, Cegas, Carmehil, ABC Distribuidora, Fazauto, CPL Import e Cosampa.

COMPANHIA PRISMA A Cia. Prisma de Artes foi fundada em 1985, trazendo na bagagem um imenso trabalho junto à periferia da cidade. A Companhia deu origem a outras iniciativas culturais na comunidade, como blocos de pré-carnaval, festas juninas e de reisado.

O grupo surgiu de jovens que trabalhavam em movimentos culturais na Igreja Católica, que mais tarde passou a ampliar a sua área de atuação. Em sua trajetória de metáforas e linguagens simbólicas, participou de eventos culturais nos bairros Dias Macedo, Castelão, Boa Vista, Cidrião, Aerolândia, Tancredo Neves, em empresas estatais como Correios, Caixa Econômica, Infraero, em cidades vizinhas como Eusébio, Solonópolis e Sobral, quando participou da X MOSTRA DE TEATRO AMADOR, promovida pela FESTA [Federação de Teatro Amador do Ceará], onde ganhou Menção Honrosa por caracterização.

Grupos e espetáculos selecionados para o Festival:

MOSTRA COMUNIDADE
Contos que Encantam
Grupo: Passa pra Dentro Menino (CE)
O Jardim das Flores de Plástico
Grupo: Nóis de Teatro (CE)
Não tem dois Pais – Titico e Fifis (CE)
Grupo: Cia. Teatral Acontece
A Ficção
Grupo: Cia. Teatro com Vida (CE)
Sertão Veredas
Grupo: Mamulengo sem Fronteiras (DF)
Benjamin e o Circo
Grupo: Cia. Mais Caras (CE)
Festa
Grupo: Pavilhão da magnólia (CE)
A Casa da Mãe Joana
Grupo: Grupo Caretas (CE)
O Boi Estrela
Grupo: Formosura (CE)
A Megera Domada
Grupo: Populart (CE)
Menina Miúda
Grupo: A Tua Lona (SE)
Laura e a incrível história da porca que tinha ataques de vontade
Grupo: Cia. Teatral Dona Maria Fulô (MG)
LIX, o Super Lixeiro em “Chama a minha mãe aíííí!”
Grupo: Teatro Novo (CE)

MOSTRA ITINERANTE
Da história de São Francisco segundo Dona Cremilda
Grupo: Katiana Monteiro (CE)
Além dos Cravos
Grupo: Em Foco (CE)
Varre Dor de Vadiagem
Grupo: Clara Trupi de Ovos e Assovios (SP)
MOSTRA CENTRO
Jacu
Grupo: Cia. Sol de Artes (CE)
Respiro
Grupo: Fuzuê (CE)
Romeu e Julieta, o encontro de Shakespeare com a Cultura Popular
Grupo: Garajal (CE)
Woyzeck
Grupo: Cia. Teatro Mosca (CE)
Caravana da Alegria
Grupo: Cia. vento Munuano (POA)

MOSTRA TERMINAIS
Formigas
Grupo: Trupe Cangaias (CE)
Dois Perdidos
Grupo: Imagens (CE)
Aquele Fulano de Tal
Grupo: Mário Filho (CE)
O Lobão e os Três Cachorrinhos
Grupo: Calu Maravilha (CE)
O Prisioneiro
Grupo: K'OS(CE)


Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :