Censura Compilada

Durante a Ditadura Militar o seguimento social que mais penou foi à juventude, afinal são os jovens responsáveis pelos movimentos de vanguarda na sociedade.

Estando a liberdade de expressão ferida, os vanguardistas tiveram de se rebolar para burlar a censura, algo praticamente impossível na época, pois a qualquer coisa que estivesse fora do padrão pela ordem estabelecida era motivo de censura prévia.

A classe musical foi, neste sentido, a pioneira a quebrar o paradigma vigente, as palavras ganhavam um novo sentido, os sons uma nova vibração, a musica passou por um ecletismo muito afirmativo, os festivais literalmente, invadiram o país, tudo isto como uma onda gigante na luta pelo retorno do Estado Democrático de Direito.

A privacidade dos ídolos dá época não existia, pois o fim último era a quebra da ditadura, e por extensão a tão sonhada liberdade de expressão, assim todo repórter que acrescentava algo sobre os ídolos da época era um furo de reportagem positivo, afirmativo e útil ao meio social, afinal se estava dando asas aos legitimados pela sociedade sobre os verdadeiros defensores da liberdade num indicativo motor primeiro de quem  deveria ser celebrado e aclamado pelo povo brasileiro.

Passado este período negro da história Política do Brasil, os ídolos, no apogeu de seu trabalho de resistência como verdadeiros heróis pelas praças, pelas ruas, cantando as belíssimas canções, não mais o medo dos canhões.

Ora, todo este trabalho cultural, artístico, musical, literário, precisa urgentemente entrar para a história para que a geração presente e futura possa entender em profundidade o período de exceção, mas neste ponto tudo parece muito confuso, pois os defensores da liberdade de expressão estão desejando a censura compilada de sua vida, passo a passo, momento a momento, do que, na verdade todos dá época  conhecem bem, assim  para alguns ídolos, por que impedir o acesso a novas gerações das informações consolidadas já, em forma de um livro?


* Texto escrito e enviado por Luiz Domingos de Luna - Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora, Ceará.[E-mail: falcaodouradoarte@hotmail.com] 
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :