Ceará gera mais de 6 mil empregos em outubro

Nos dez primeiros meses de 2013, o Ceará registrou um acréscimo de 41.503 postos de trabalho. Somente em outubro, foram gerados 6.789 empregos celetistas, o equivalente à elevação de 0,58% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados [CAGED], divulgados no último dia 21, em Fortaleza, e foram anunciados pelo ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, na presença do Governador do Estado do Ceará Cid Gomes e do secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertini Clementino. 

Para o Governador, “o Brasil tem melhorado seus indicadores, o Nordeste tem indicadores melhores que o Brasil e o Ceará tem conseguido uma média superior a do Nordeste. E isso é importante para que a gente possa conseguir corrigir as desigualdades”.

O desempenho de outubro foi o segundo melhor da série do CAGED para o período, proveniente da expansão do emprego principalmente nos setores da Indústria de Transformação [2.359], em função da geração em quase todos os ramos, particularmente na Indústria de Calçado [881], Indústria de Produtos Alimentícios [522] e Indústria Têxtil [479]. Também se destacam os empregos gerados nos setores dos Serviços [1.834] e do Comércio [1.745].

No Brasil, segundo os dados do CAGED, em outubro de 2013, foram gerados 94.893 empregos celetistas. Em termos geográficos, todas Grandes Regiões expandiram o nível de emprego, com quatro apontando resultados superiores aos verificados em idêntico mês do ano anterior. Para o Nordeste, o resultado foi de 40.334 postos.


* Com informações da Assessoria de Comunicação do IDT
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :