Advogados sugerem melhorias em procedimentos utilizados nas varas do trabalho

Uma comissão formada por dirigentes da Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado do Ceará [Atrace] reuniu-se com a corregedora do Tribunal Regional do Trabalho Ceará [TRT-CE], desembargadora Maria José Girão. 

Na pauta da reunião realizada no dia 13 de novembro, reivindicações para mudanças de práticas adotadas pelas varas do trabalho.

O presidente da Atrace, José Marcelo Pinheiro Filho sugeriu à corregedora do TRT-CE modificações na expedição de alvarás judiciais e na elaboração de cálculos trabalhistas. Ele também pediu a redução dos prazos para as audiências iniciais e que não haja necessidade de prazo para informar depósitos na conta do reclamante. “As medidas são necessárias para facilitar o trabalho dos advogados”, disse o presidente da associação.

A corregedora decidiu convidar a direção da Associação dos Magistrados do Trabalho da Sétima Região para participar das discussões sobre as reivindicações da Atrace. A intenção é que os profissionais apresentem propostas à representação dos magistrados, para uma tentativa de aperfeiçoamento das práticas trabalhistas.

Além do presidente da Atrace, também compareceram à reunião os advogados Carlos Celestino de Melo, Isabel Lida Teixeira e Raimundo Araújo da Silva. Eles compõem a Comissão de Defesa das Prerrogativas do Advogado Trabalhista.


* Com informações da Assessoria de Comunicação Social do TRT-CE
Publique no Google Plus

Publicado por Jornalismo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Comentar no Site
    Comentar usando o Facebook

0 comentários :